legumes ao forno

Esse post é uma homenagem à minha amiga fernandinha, que reclamou que eu só posto receitas difíceis ! ahahahah

Pra fazer os legumes ao forno usei :

2 batatas grandes;

2 abobrinhas pequenas;

2 berinjelas pequenas;

1 cebola grande;

1 pimentão verde grande;

2 tomates médios;

pimenta de cheiro a gosto;

sal, pimenta do reino e manjericão a gosto;

alho + salsa desidratados;

azeite;

batatas

legumes

manjericão

Modo de fazer:

Corte os legumes em rodelas e, em um refratário médio, coloque-os em camadas, como se fosse uma lasanha, começando pelas batatas, seguidas das abobrinhas, pimentão, cebola, pimenta de cheiro, berinjelas, tomates e manjericão.

Entre uma camada e outra, regue com azeite e tempere com sal, pimenta do reino, alho e salsa desidratados ou qualquer outro tempero/erva. Termine com uma camada de batatas + sal e temperos.

antes do forno

Coloque os legumes para assar em forno aquecido a 200 graus por 30/40 minutos ou até que as batatas estejam cozidas.

legumes ao forno

O segredo é o tempero dos legumes – aqui usei sal, pimenta do reino, alho desidratado, salsa e azeite. Mas você pode usar qualquer tempero ou erva que tiver em casa: chimi churri, curry, orégano, alecrim.

Para acompanhar: saladinha de tomate cereja e manjericão temperados com sal e pimenta do reino branca.

Muito bom, né ?

Bom apetite !

Camila

dip de abóbora + hambúrguer de batata

Taí uma receita fácil, rápida, saudável e linda. Por que, né ? A comida tem que ser bonita. E o que não falta nessa são cores !

Dip nada mais é do que uma pastinha, que pode ser servida sozinha ou com pães, bolachinhas e torradas. Aqui ele vai acompanhar o hambúrguer de batata.

Ingredientes:

Dip de abóbora

500 g de abóbora cortada em cubos pequenos;

1 colher de chá de kummel;

1 colher de chá de cominho;

3 dentes de alho cortados em fatias finas;

1 pimenta dedo de moça picadinha sem semente;

1 limão (suco);

100 ml de azeite;

sal e pimenta do reino a gosto;

Hambúrguer de batata

3 batatas médias cozidas;

1 cenoura pequena ralada;

1 abobrinha pequena ralada;

1 tomate médio cortado em cubos;

sal a gosto;

pimenta do reino a gosto;

manjericão, cebolinha e salsinha a gosto;

noz moscada a gosto;

azeite;

Modo de fazer:

Dip

Cozinhe a abóbora até que fique macia. Tempere com sal, pimenta do reino e reserve.

abóbora cozida

Torre o kummel e o cominho e depois pile:

kummel e cominho torrados

Acrescente o alho, a pimenta dedo de moça e uma pitada de sal:

dedo de moça + alho

Triture tudo no pilão até virar uma pasta e adicione à abórbora. Por fim, junte o suco de limão e misture. Pronto !

Hambúrguer de batata

Pré-aqueça o forno em 200º C. Em um recipiente, coloque a abobrinha, a cenoura, o tomate, o manjericão, a cebolinha e o cheiro verde. Tempere com sal, pimenta, noz moscada e um pouco de azeite. Amasse as batatas até obter um purê e adicione-o aos legumes. Misture bem para que o purê de batatas incorpore todos ingredientes:

batata + legumes

Unte uma forma anti-aderente, modele os hambúrgueres com as mãos (cada hambúrguer é feito com cerca de duas colheres de sopa) e coloque para assar.

hamburguer de batata

Quando a massa ficar firme, está pronto !

Pra acompanhar, uma saladinha:

rúcula, alface, manjericão e tomatinho com molho oriental

O banquete está servido:

simples assim.

hambúrguer de batata, dip de abóbora e saladinha

Bom apetite !

Camila

penne com shoyu e manga

À primeira vista pode parecer meio exótico. E é. Mas a combinação de manga, shoyu e gengibre é perfeita !

Aprendi a receita do penne com shoyu e manga com um amigo, que, por sua vez, tinha aprendido com uma amiga. Já fiz tantas vezes que acho que já criei a minha.

Ingredientes:

500 g de penne;

02 cebolas grandes;

gengibre a gosto;

gergelim branco e preto a gosto;

shoyu a gosto;

óleo de girassol;

04 mangas maduras;

Modo de fazer:

Corte as mangas em tiras compridas e reserve:

manga

Torre o gergelim branco e preto em uma frigideira anti-aderente, corte o gengibre em pedaços pequenos e a cebola em fatias finas e compridas. Reserve.

gergelim, cebola e gengibre

Cozinhe a massa até que fique al dente. Reserve.

Em uma frigideira, adicione ao óleo de girassol, já quente, as cebolas e refogue-as por dois minutos. Acrescente o gengibre e mexa por alguns segundos, juntando, por último, o shoyu e o gergelim. Cozinhe em fogo baixo por um minuto ou até que as cebolas estejam cozidas. Está pronto !

shoyu + cebola + gengibre + gergelim

Jogue o molho por cima do penne – o ideal é que ele seja suficiente apenas para grudar na massa, sem ficar sobrando no fundo da vasilha..

massa + molho

Adicione a manga e voilá:

penne com shoyu + manga

massa por baixo. manga por cima.

exótico

Hummm ! Vale a pena !

bjos e até a próxima,

Camila

update: esse prato foi lindamente batizado de “Penne Lane” pela sua criadora.

focaccia

Para quem não sabe, focaccia é um “pãozinho” de origem italiana, muito macio e em geral coberto de sal grosso, alecrim e azeite. Mas tenho visto bastante focaccia recheada com queijo, tomate e manjericão, com berinjela, com carne seca e também com calabresa. Ela pode ser servida como lanche, antepasto ou como acompanhamento de sopas e saladas.

Aprendi essa receita em um workshop que participei com a Luana do Falando Abobrinhas.

Os ingredientes que usei foram:

Massa:

500 g de farinha de trigo;

20 g de fermento biológico;

10 g de açúcar (usei o orgânico);

300 ml de água fria;

70 ml de azeite;

10 g de sal;

Cebola caramelada:

01 cebola;

03 colheres pequenas de açúcar orgânico;

azeite;

Modo de fazer:

Junte a farinha e o sal e coloque a mistura em cima de uma superfície lisa. Faça um buraco no meio e adicione o fermento e o açúcar dissolvidos em 100 ml de água. Misture bem e vá acrescentando, aos poucos, a água e o azeite, até que a massa fique lisa e elástica.

Ela vai ficar assim:

massa da focaccia

Divida a massa em duas partes iguais e coloque-as bem espalhadas no fundo de duas formas untadas com azeite. Deixe descansar por 40 minutos.

Para fazer a cebola caramelada refogue 01 cebola no azeite, até que ela fique murcha e adicione 03 colheres pequenas de açúcar orgânico. Refogue bem, até que o açúcar derreta:

cebola caramelada

Depois que a massa estiver “descansada”, molhe as pontas dos dedos, fazendo furinhos na mistura e finalize colocando por cima o alecrim, o sal grosso e a cebola:

alecrim + sal grosso

focaccia antes de ir para o forno

Leve a massa ao forno aquecido a 200 graus por 20 a 30 minutos. Está pronto !

alecrim + sal grosso + cebola caramelada: mistura perfeita

focaccia

Agora é só comer. De joelhos.

bjos,

Camila

mexido

Segunda-feira. Tentando pegar no tranco. Nada melhor do que juntar tudo que sobrou do almoço de domingo e fazer um belo de um mexido.

Prático, gostoso e feito com as sobras da geladeira. Afinal, desperdício não está com nada, né gente ?

mexido

Pra fazer a gororoba o mexido usei:

Arroz com lentilhas + legumes refogados de ontem..

arroz + lentilha + legumes

Farofa de ovo também de ontem..

faro fa fa

Acrescentei tomate, manjericão e pimenta de cheiro:

tomate, manjericão e pimenta de cheiro

Mexido pronto:

(bem) mexido

cores

Saladinha de folhas para acompanhar:

alface, rúcula e manjericão + azeite

Que tal ?

bjos,

camila

tapioca

Ahhh, a tapioca !

Tão fácil, tão gostosa, tão saudável ! Como diz uma amiga: “não contém glúteo” !

Prato típico do nordeste brasileiro, a tapioca é ótima no café da manhã. Eu fiz no jantar e foi tão bom quanto !

tapioca

Ingredientes:

1/2 kg de polvilho doce;

sal a gosto;

água suficiente para cobrir o polvilho;

tomate;

manjericão;

molho pesto;

sal e pimenta a gosto;

Modo de fazer:

Coloque o polvilho em uma vasilha e adicione água até cobrir e ficar dois dedos acima. (Eu coloquei de molho pela manhã e fiz a tapioca à noite.) O polvilho vai virar uma massa dura e o ideal é que fique bem seca. Se ficar molhado, tire o excesso de água.

Misture a massa, já seca, com as mãos. Ela vai ficar assim:

massa já seca

Peneire o polvilho em porções pequenas, esfregando-o com a ponta dos dedos contra a peneira. Acerte o sal e está pronta ! Essa é a massa da tapioca:

Depois de peneirada, aqueça uma frigideira anti-aderente e espalhe a massa com o fundo de uma colher, fazendo um desenho em forma de círculo, bem fino, como se fosse uma panqueca. O segredo é deixar a frigideira bem quente antes de colocar a massa, que, por sua vez, não deve ficar muito grossa.

massa + frigideira

O ponto é bem rápido: assim que a massa desgrudar da frigideira. Vire e deixe por mais alguns segundos e a tapioca está pronta para ser recheada. (Atenção: a massa não pode fritar, senão endurece.)

Eu queria um recheio mais leve e, por isso, coloquei tomate temperado com sal, pimenta do reino e alho desidratado, pesto + manjericão (eu gosto de manjericão ?). Mas a tapioca também pode ser recheada com queijo, goiabada, carne seca ou simplesmente com manteiga.

tapioca de tomate e pesto plus manjericão

muito bom !

É isso !

bjos,

Camila