mac n’ cheese

Mac n’ cheese, tradicional receita americana, nada mais é do que a famosa combinação de macarrão com queijo. A receita original é feita com macarrão serpentini/caracol e queijo cheddar. Como não tinha esse tipo de massa em casa, utilizei um rigatone curto e substituí o queijo cheddar (que além de ser difícil de encontrar o verdadeiro, é muito gorduroso) por uma queijo minas maravilhoso que tinha acabado de comprar no mercado central. No lugar da farinha de trigo, utilizada para engrossar o molho, usei amido de milho e no lugar do leite, água. Enfim, mac n’ cheese do meu jeito !

20120926-220910.jpg

Ingredientes:

250 g de rigatone curto cozido;

2 colheres de sopa de ghee/manteiga;

4 colheres de sopa de amido de milho;

2 xícaras de chá de água;

1 xícara de chá de queijo branco minas ralado;

sal e pimenta-do-reino a gosto;

Modo de fazer:

Em uma panela, derreta a manteiga/ghee, adicione o amido de milho e misture até incorporar. Aos poucos, acrescente a água, mexendo sempre, até engrossar. Se ficar muito grosso, adicione mais água e se ficar mais ralinho, acrescente mais amido de milho.

Junte o queijo ralado e mexa até que esteja derretido. Acerte o sal e a pimenta, despeje o molho de queijo sobre a massa cozida e misture bem, lembrando que o ideal é que o macarrão não fique totalmente cozido, já que ele ainda vai ao forno. O toque final ficou por conta de uma camadinha extra de queijo ralado por cima da massa para dar aquela gratinada.

20120926-221035.jpg

antes do forno

Leve a massa ao forno médio, por cerca de 10-15 minutos ou até que o queijo esteja dourado. Está pronto !

20120926-221107.jpg

depois do forno

Fácil, simples, delicioso..

20120926-221142.jpg

mac n’ cheese

e bem mais saudável que a receita original, né ?

20120926-221210.jpg

massa + queijo

A dica é que você pode utilizar qualquer massa curta, assim como qualquer outro queijo que derreta.

20120926-221244.jpg

simplicidade

Bom apetite !

Camila

comida express

Receitinha fácil, rápida, saudável e que agrada todos os paladares, a batata sauté é um clássico da culinária francesa.

Para mim, tem gosto de infância, pois  sempre fez parte do cardápio da casa da minha mãe. Além da sensação de conforto, é uma receita que vai bem com tudo.

20120722-221137.jpg

Ingredientes:

1 kg de batatas médias com casca;

1/4 xícara de chá de salsinha;

2 colheres de sopa de manteiga/ghee;

sal a gosto;

Modo de fazer:

Coloque as batatas com cascas em uma panela grande com água fervente por cerca de 20 minutos ou até que estejam macias. Escorra as batatas e reserve.

20120722-221205.jpg

batatas orgânicas

Lave a salsinha e pique bem as folhinhas. Reserve.

20120722-221227.jpg

salsinha

Em uma frigideira junte a manteiga. Quando ela estiver derretida, acrescente as batatas cortadas em cubos pequenos/médios, a salsinha, o sal e salteie por cerca de três minutos.

Para saltear, pegue o cabo da frigideira e mexa para frente e para trás, fazendo com que as batatas dourem de todos os lados.

Está pronto !

20120722-221244.jpg

batatas sauté

Sirva com legumes, carnes, peixes e saladas.

20120722-221301.jpg

gosto de infância

Como utilizei batatas orgânicas, não retirei a casca para aproveitar todos os nutrientes. Faço o mesmo com cenouras e abobrinhas. Caso opte por comer legumes com casca, apenas certifique que os alimentos estão livres de agrotóxicos.

20120722-221316.jpg

comfort food

Bom apetite !

Camila

fusilli com tomates marinados

Desde pequena sempre fui apaixonada por “macarrão” (entre aspas mesmo, porque de repente, não mais que de repente, virou pecado chamar macarrão de macarrão, já que agora ele atende pelo nome de “massa”). Não só pelo sabor e versatilidade, mas também pela praticidade: massa na água fervente + molho e está pronto. Não tem quem não goste. E essa receita de fusilli integral com tomates marinados parece ser ainda mais fácil que as outras.

Vamos lá ?

20120417-225833.jpg

Ingredientes:

100 g de fusilli integral;

2-3 tomates (usei tomate orgânico comum, mas você pode utilizar tomatinho cereja cortado ao meio);

manjericão, orégano, alecrim, salsinha, cebolinha e tomilho a gosto;

1 dente de alho cortado ao meio;

o quanto baste de azeite para cobrir os tomates;

vinagre balsâmico (metade da quantidade de azeite);

sal e pimenta do reino a gosto;

Modo de fazer:

Separe as ervas e a cebolinha e corte os tomates em pedaços médios.

20120417-225920.jpg

tomate orgânico + ervas + cebolinha

Coloque os tomates para marinar juntamente com o azeite, o aceto balsâmico, as ervas, a cebolinha e o alho (que será dispensado ao final) e deixe descansar por cerca de duas horas.

20120417-230115.jpg

marinada de tomates

Enquanto isso, cozinhe a massa até ficar al dente.

20120417-225944.jpg

fusilli integral

Coloque a massa cozida em um bowl, junte os tomates marinados e um pouco da marinada, incluindo as ervas, acerte o sal e a pimenta do reino. Está pronto !

20120417-230131.jpg

fusilli integral com tomates marinados

Decore com folhas de salsa fresca:

20120417-230152.jpg

leveza e simplicidade

Caso queira, finalize com lascas de parmesão ou queijo de cabra.

20120417-230209.jpg

cores

Bom apetite !

Camila

comida express

Hoje é dia de arroz sete grãos com tomatinho cereja e manjericão. Receitinha fácil, gostosa e saudável.

Ingredientes:

01 xícara de arroz sete grãos (uso o da marca Raris);

03 xícaras de caldo de legumes;

tomatinho cereja a gosto;

manjericão a gosto;

sal, alho, cebola e pimenta do reino a gosto;

azeite para refogar;

Modo de fazer:

Refogue o alho e a cebola no azeite e acrescente o arroz sete grãos.

refogando o arroz

Mexa por alguns minutos, adicione o caldo quente, o sal e cozinhe até que os grãos estejam macios. O tempo de cozimento é em torno de 30-40 minutos. Se necessário, acrescente mais caldo.

Cerca de três minutos antes do arroz ficar pronto, junte o tomatinho e o manjericão e mexa delicadamente.

tomatinho cereja

manjericão

Acerte o sal, a pimenta, espere o restante da água secar e está pronto.

Aprecie sem moderação:

arroz sete grãos, tomatinho e manjericão

Bom apetite !

Camila

comida express

Comida express, sim. Fast food jamais.

Mesmo com a correria louca do dia-a-dia dá pra gente se alimentar com dignidade, sem precisar passar horas na cozinha. Por isso, sempre tenho no armário uma boa massa e um bom molho de tomate. E usando a criatividade dá para fazer diversas receitas com esses dois ingredientes.

20111122-220217.jpgA escolha express da vez foi spagheti integral com molho de tomate, pimenta dedo-de-moça e manjericão.

Ingredientes:

250 g de spagheti integral;
2 xícaras de chá de polpa de tomate;
1 tomate picado em cubos pequenos;
1 dedo-de-moça cortada em pedaços pequenos com as sementes (ou não);
2 dentes de alho em lâminas;
1 colher de sopa de óleo de coco;
sal e manjericão a gosto;

Modo de fazer:

Cozinhe a massa em água fervente com um fio de azeite e um pouco de sal por cerca de 30 minutos ou até que esteja al dente.

20111122-221344.jpgEnquanto a massa cozinha, faça o molho. Comece refogando o alho no óleo de coco. Quando estiver dourado, acrescente o tomate e refogue por dois minutos. Adicione a polpa de tomate, a pimenta dedo-de-moça, o manjericão e o sal e cozinhe por vinte minutos em fogo baixo, mexendo de vez em quando.

20111122-221929.jpg

tomate, dedo-de-moça e manjericão

O molho de tomate deve ficar encorpado para grudar na massa, por isso é importante que fique mais grosso e menos aguado:

20111122-222139.jpg

molho de tomate

Resultado: uma massa deliciosa pronta em menos de quarenta minutos.

20111122-222335.jpg20111122-222424.jpgDecore (e coma) com folhinhas de manjericão.

20111122-222524.jpg

spagheti

Bom apetite !

Camila

cuscuz marroquino com legumes

Esqueça a ideia do cuscuz nordestino e do cuscuz paulista, feitos com coco e com farinha de milho ou de mandioca. De origem afriana, o cuscuz marroquino é feito à base de grãos de sêmola de trigo, é bem leve e combina com tudo: de carnes a legumes.

É chique, mas ao mesmo tempo despretensioso. E o mais importante: é muito bom !

Essa receita é uma adaptação da receita de cuscuz com grão de bico do livro “Cozinha Natural Gourmet”, da Chef Tatiana Cardoso. Perfeita para um almoço de domingo lindo na casa de amigos.

Ingredientes:

3 xícaras de chá de cuscuz de sêmola de trigo;

2 xícaras de caldo de legumes (aprenda aqui);

2 cenouras cortadas em cubos grandes;

2 pimentões cortados em tiras não muito finas;

3 tomates maduros cortados em tiras;

1 xícara de chá de cogumelos champignon frescos cortados ao meio;

1 xícara de chá de cogumelos portobello cortados em tiras compridas;

1 colher de chá de páprica;

1 xícara de chá de uva-passa;

gengibre a gosto;

sal, pimenta, coentro, alho e cebola a gosto;

azeite para refogar;

Modo de fazer

Legumes:

Refogue a cebola, o alho e o gengibre no azeite. Acrescente a cenoura, o pimentão, o tomate, a páprica e o coentro e cozinhe em fogo baixo com a panela tampada, até que os legumes estejam cozidos.

pimentão e cenoura

tomates vermelhos

Adicione, por último, os cogumelos, refogando-os rapidamente para que não fiquem “borrachudos”.

champignon in natura

portobello

gengibre, cebola e cogumelos

Acerte o sal e a pimenta. Reserve.

Cuscuz:

Em uma panela, ferva o caldo de legumes. Abaixe o fogo e acrescente a sêmola de trigo, mexendo com um garfo grande por cerca de 30 segundos para não empelotar. Tampe a panela e deixe cozinhar por cerca de sete minutos. Mexa novamente e, se necessário, cozinhe por mais alguns minutos até que esteja cozida. Por fim, adicione a uva-passa, acerte o sal e regue com azeite.

Está pronto !

cuscuz marroquino

Sirva com os legumes refogados:

bem despretensioso !

Bom apetite !

Camila